08
Jun
10

A praia


Era madrugada, na praia agora deserta, escura e quente. As águas estavam calmas e mornas.
Você me abraçava e dizia não querer soltar mais. Só tinhamos mais algumas horas até minha partida. Nem parecia que acabáramos de nos conhecer, poucas horas atrás.

Estávamos abraçados quando então você me soltou de repente, tirou a roupa e foi correndo mergulhar. Eu fiquei ali parada, hesitante, esperando você voltar. E você voltou, sim.. *Eu me lembro como se fosse hoje!* Você voltou, mas foi pra me levar contigo praquele mar gigante! Tirou minha roupa e então mergulhamos, nas águas sem fim, do Oceano Índico.

Borbulhamos, no meio, sem começo… Mas com fim marcado.
Você me beijava com paixão, e dizia coisas que eu não entendia, mas gostava e muito! Pedia para que eu dissesse coisas em Português, e então eu desandei a falar, e você ficava todo excitado, mesmo sem entender uma só palavra. Porque o corpo fala. O corpo entende.

Voltamos para a areia e nos deitamos, à luz do luar. Uivamos feito lobos na relva.
As ondas vinham em nossa direção e por vezes nos cobriam, nos salgavam, e você me provava. Degustava.
As horas pareciam não passar, eu não sentia, mas o Sol começou a se mostrar e nos revelou também.

Nos pegamos ali, assim, no meio da praia, sob a luz do Sol, que nos cobria, e nos esquentava. Mais.
A essa altura as roupas já estavam perdidas, em algum outro ponto daquela imensidão de areia. Eu queria procurar, mas…

…Você não me deixava ir…
Não me soltava.

Mesmo quando começou a passar gente, eu também não me esforcei para me desvencilhar de seus beijos, que me deixavam totalmente sem fôlego. Pois parecia que ali, naquele momento, tudo era permitido. Tudo era da lei. Era a nossa lei. A lei da selva.

Fomos absolutamente livres por algumas horas, sem preocupações, sem convenções, totalmente livres, simplesmente. LIVRES.
Éramos apenas nós dois, e o Mundo ficou lá fora, trancado em algum quarto vazio.

Selene


6 Responses to “A praia”


  1. 1 Ju
    June 10, 2010 at 4:37 pm

    Vai Cicarelli!! hahahaha

  2. June 10, 2010 at 4:49 pm

    e alguém vomitou literalmente um beijo.

  3. 5 Menina Misteriosa
    June 17, 2010 at 12:05 am

    O corpo fala… e muito! Por vezes, só ele deveria, né?!
    Muito bom!
    Beijo


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


Agenda maltrapilha

June 2010
M T W T F S S
« May   Jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

“Falando absurdos, Virando a noite, Perdendo o senso, Derretendo satélites. Falando tudo, Voando a noite, Ouvindo estrelas…”

Clique para assinar este blog maltrapilho e receber novas maledicências por email

Join 5 other followers


%d bloggers like this: