09
Jul
10

Vem

Vem…
Transforma-me de menina em amante.
Faz-me perder os sentidos, o caminho de volta, a compostura, a saia.
Encontre-se nas minhas pupilas dilatadas de tesão.
Entre, encaixe, force, contraia, faça de mim sua morada.

Vem…
Deixa-me ser tua turista. Te explorar, degustar, conhecer, lamber.
Inflama-me com teu olhar malicioso.
Deixa-me delirar encaixada entre tuas pernas.

Vem…
Joga dentro da minha orelha todas as palavras chulas que sabes dizer.
Dê-me tua língua despreocupada, sem pressa, degluta-me.
Decifra o movimento dos meus quadris…

Vem…
Faz-me perder a pose, a compostura, a vergonha, faz-me perder tudo… menos o rebolado.

Isso  vem…
Faz meu corpo derramar em tua boca, em soluços, o pranto do desejo consumado.

Vem…

♫♫Seus pés se espalham em fivela e sandália
E o chão se abre por dois sorrisos
Virão guiando o seu corpo que é praia
De um escândalo, charme macio
Que cor terá se derreter?
Que som os lábios vão lamber?
Vem me ensinar a falar
Vem me ensinar te comer
Na minha boca agora mora o teu sexo
É a vista que os meus olhos querem ter
Sem precisar procurar
Nem descansar e adormecer

(…)

Só é possível te amar
Escorre aos litros o amor

(Nando Reis – No Recreio)


9 Responses to “Vem”


  1. 1 denison Mendes
    July 9, 2010 at 11:23 pm

    vou-te quando me deres teu pouso…

    lindo poema…

  2. 2 Ju
    July 10, 2010 at 5:22 pm

    Vai menina, vai…
    Vai que é sua!! hahahhaa

    Tá ficando soltinha, soltinha… rsrs
    Beijos!

  3. July 11, 2010 at 5:19 pm

    Espera-me em teus lençois; enquanto
    procuro palavras para sussurar
    bem baixinho em seus ouvidos.

    E, quando sentires o calor dos nossos
    corpos entrelaçados no momento
    sublime de puro prazer.

    Parabéns menina!!

    Seu blog é D+

    bj

  4. 4 Shi
    July 11, 2010 at 10:57 pm

    Esse gingado de palavras deixou-me quente e sem sono.

    Ando carente de palavras chulas no leito do amor!

    Parabéns irmã… orgulho de ti.

  5. July 12, 2010 at 7:00 pm

    Puta que pariu.

    Não sei o porquê de você ainda achar que isso é vulgar. Acho sexy e erótico. Vulgar é diferente, é pornografia, o que também aprecio.

    Vai… Vai matar um do coração.

    Beijocas, linda!

  6. July 12, 2010 at 7:25 pm

    Nanda, linquei o Bocas lá na Escrita Salaz. Beijocas.

  7. July 13, 2010 at 2:35 am

    Mais excitante que o filme Perfume de Emanuelle ;D

    Bjss, Nanda =*

  8. July 13, 2010 at 9:51 pm

    Delicioso poema tanto quanto a foto.Maravilhoso!
    Essas bocas…
    bjssss

  9. 9 Menina Misteriosa
    July 22, 2010 at 5:05 pm

    Nanda,

    Concordo com o Fernando: não tem nada de vulgar.
    Poucos sabem escrever de forma sexy e provocante, com elegância, como você!

    Muito bom…. beijo


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


Agenda maltrapilha

July 2010
M T W T F S S
« Jun   Sep »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

“Falando absurdos, Virando a noite, Perdendo o senso, Derretendo satélites. Falando tudo, Voando a noite, Ouvindo estrelas…”

Clique para assinar este blog maltrapilho e receber novas maledicências por email

Join 5 other followers


%d bloggers like this: